Concluídas as operações de apuramento geral dos resultados da eleição dos membros do Conselho das Comunidades Portuguesas pelo Círculo Eleitoral da Suíça (que engloba também a Áustria e a Itália), tal como previsto nos artigos 24.º e 25.º da Portaria n.º286/2023, de 20 de setembro, e nos artigos 15.º e 16.º da Lei n.º66-A/2007, de 11 de dezembro, a par dos artigos 107.º, 108.º, 109.º, 110.º, 111.º, 111.º-A, 112.º e 113.º da Lei n.º14/79, de 16 de maio, diploma que consagra a Lei Eleitoral da Assembleia da República na redação que lhe foi conferida pelas suas sucessivas alterações, foram apurados os seguintes resultados finais: 

Distribuição dos 5 (cinco) mandatos pelas Listas Candidatas ao Círculo Eleitoral da Suíça: 

Lista "Unidos na defesa dos direitos dos emigrantes - 4 mandatos (com 214 votos)

Lista "Em defesa dos emigrantes" - 1 mandato (com 91 votos)

Considerando a distribuição dos mandatos enunciada e efetuada em consonância com o disposto no n.º2 do artigo 13.º e no artigo 16.º da Lei n.º14/79, de 16 de maio, conforme consta da tabela anexa a que se refere o artigo 26.º da Portaria n.º286/2023, de 20 de setembro, torna-se pública a determinação dos candidatos eleitos por cada uma das Listas candidatas, de acordo com o método da representação proporcional de Hondt, tal como previsto no n.º2 do artigo 13.º e  no artigo 16.º da Lei n.º14/79, de 16 de maio: 

  • Relativamente à Lista "Unidos na defesa dos direitos dos emigrantes" (4 mandatos):

Ao candidato efetivo António Guerra Iria foi atribuído o 1.º (primeiro) mandato com o quociente 214. 

À candidata efetiva Ângela Guilhermina Tavares Barbosa dos Reis foi atribuído o 2.º (segundo) mandato com o quociente 107.

Ao candidato efetivo José Pio Bemposta foi atribuído o 3.º (terceiro) mandato com o quociente 71,33.

À candidata efetiva Helena Veríssimo de Freitas foi atribuído o 4.º (quarto) mandato com o quociente 53,50.

  • Relativamente à Lista "Em defesa dos emigrantes" (1 mandato): 

Ao candidato efetivo Domingos Augusto Ramalho Pereira foi atribuído o 1.º (primeiro) mandato com o quociente 91. 

  • Partilhe